Empréstimos: qual é o melhor?

Empréstimos é uma daquelas palavras que às vezes parecem cercadas por mistérios. Muitas pessoas precisam de um ao longo da vida para quitar dívidas, comprar um carro ou pagar contas , porém, a maioria não entende realmente como este tipo de recurso funciona. Existem vários gêneros de suprimento financeiro promovido pelos bancos e instituições financeiras afins. Mas qual seria o melhor tipo de empréstimo a fazer? E quais as diferenças entre cada um deles? Você tem dúvidas sobre o assunto, entenda como funciona!

Empréstimo pessoal

Este é aquele que é solicitado, mediante contrato, ao seu banco ou de uma agência financeira. É estipulado um valor preciso que será concedido e você passa por uma análise completa antes que o crédito que seja aprovado. A principal vantagem deste tipo de empréstimos é a praticidade. está disponível para todos e geralmente a contratação é muito rápidas. A desvantagem é que você precisa tomar cuidado com os juros e prazos de pagamentos que muitas vezes podem ser abusivos. Antes de assinar um contrato, pesquise bastante para garantir que o banco ou financeira seja confiável.

Empréstimo consignado

A vantagem desse tipo de empréstimos é o custo. Ele tem um limite máximo de pagamento mensal, equivalente a 30% do seu salário, pensão ou aposentadoria. Para completar, as taxas de juros geralmente são bem menores. A principal desvantagem é a forma de pagamento das parcelas — realizada diretamente através de desconto em folha de pagamento. Ou seja, a flexibilidade é quase inexistente. Não há como, por conta de alguma emergência, adiar ou mudar a data do pagamento do empréstimos.

Empréstimo via cheque especial

Essa modalidade possui as mesmas vantagens e desvantagens do empréstimos pessoal, embora seu funcionamento seja diferente. No caso do cheque especial, não é preciso fazer uma solicitação; o valor do seu crédito é pré-aprovado pelo seu banco e, geralmente, embutido automaticamente nos limites de sua conta corrente. Ele está lá, para ser usado quando você quiser. A vantagem novamente é a praticidade, enquanto a desvantagem são as altas taxas de juros, que são muito altos.

Tem algumas empresas de empréstimos online com juros bem menores.

Faça uma pesquisa antes de fechar qualquer negócio.